Anais do VI CBA – Resumo 15

  • Título: Estudo dos efeitos do acuponto alegria de auriculoterapia no humor.
  • Autores: Luiza Helena Gugelmin Pinheiro, Angela Bahls Perini, Lirane Carneiro-Suliano, Sandra Silvério-Lopes
  • DOI:10.7436/2016.6cba-13cpa.15
  • Resumo: Contextualização: Estudos científicos acerca da alegria ganharam impulso com o advento da Psicologia Positiva, que propôs uma mudança de foco na reparação das doenças para a promoção da saúde e de aspectos positivos do ser humano. No âmbito do conhecimento científico, o termo alegria trata de uma experiência interna de cada indivíduo que emite um julgamento de como se sente e seu grau de satisfação com a vida. Objetivo: Este trabalho tem como proposta pesquisar sobre a resposta dos pacientes frente ao uso do acuponto alegria em auriculoterapia com relação ao sentimento da alegria e a qualidade de vida dos indivíduos que apresentam um quadro de tristeza. Metodologia: Amostra foi composta por 26 voluntários, sendo 13 do grupo controle utilizando os pontos SNC, rim, sistema neurovegetativo e nariz, e 13 do grupo estudo, utilizando os pontos SNC, rim, sistema neurovegetativo e alegria pelo mapeamento segundo Silvério-Lopes & Carneiro-Suliano (2016). Foram realizadas 4 sessões sendo uma por semana com a aplicação dos questionários SF-36 de qualidade de vida (Ciconelli, et al, 1999). Resultados: Foi realizada média de escores e observou-se segundo SF36 melhora de 50% nas limitação por aspectos emocionais no grupo de estudo e 7% no grupo controle. Conclusão: A inserção do acuponto alegria melhora domínios importantes relacionados a qualidade de vida e o humor dos pacientes.
  • Palavras-chave: auriculoterapia, alegria, qualidade de vida.