Anais do VI CBA – Resumo 10

  • Título: Craniopuntura de Yamamoto no tratamento do Parkinson
  • Autores: Gislaine Thomaz, Denise Veloso Queiróz Moreira
  • DOI:10.7436/2016.6cba-13cpa.10
  • Resumo: Contextualização: A Doença de Parkinson (DP) é um distúrbio crônico progressivo, sendo composta por vários sinais e sintomas basicamente relacionados a desordens motoras. Atualmente pode ser considerada a segunda doença neurodegenerativa senil mais comum, acometendo cerca de 1% a 2 % da população acima de 65 anos. Objetivo: Avaliar a eficácia da Craniopuntura de Yamamoto nos sintomas da DP como: tremor, rigidez e bradicinesia. Metodologia: Trata-se de um relato de caso, de um voluntário do sexo masculino com 62 anos. Os pontos da craniopuntura utilizados para tratamento foram A, C, D e os Cerebrais. Como instrumento de avaliação do voluntário, utilizou-se a Escala de Hoelh e Yehr (HY), que compreende cinco estágios da DP, e abrange, essencialmente, medidas globais de sinais e sintomas que permitem classificar o indivíduo quanto ao nível de incapacidade. A aplicação da Escala deu-se na primeira e ultima sessão. Resultados: Na análise dos dados emergiram dois sintomas, tremor e rigidez, após 18 dias consecutivos de tratamento, observou-se melhora considerável com relação aos tremores e melhoras relacionadas à rigidez a qual, embora sutil, possibilitou melhora no movimento de caminhada do voluntário. Conclusão: Embora com o tratamento pela craniopuntura o voluntário não tenha alterado de estágio segundo as escalas aplicadas, a técnica demonstrou ser uma terapêutica possivelmente eficaz na melhora de alguns dos sintomas da DP, porém, há necessidade de um estudo mais aprofundado, com uma
    amostra maior para observar a eficácia efetiva do tratamento.
  • Palavras-chave: doença de Parkinson, craniopuntura de Yamamoto.